imprensanovidades e publicações

Indução da ovulação é o tratamento menos invasivo às mulheres com problemas para engravidar

09 de Agosto de 2016

Quem são as mulheres que podem ser submetidas ao tratamento? Quais são as taxas de sucesso? Quanto tempo dura? Por que as chances de ter gêmeos aumentam?

A estimativa é de que, no mundo, 20% dos casais tenham dificuldade para engravidar, e 40% das complicações sejam por questões que envolvem as mulheres. São vários os tratamentos direcionados às pacientes que possuem complicações relacionadas à fertilidade.

A indução da ovulação é o tratamento menos invasivo e mais simples, realizado em mulheres que possuem dificuldade para ovular, ciclo menstrual irregular – podem ficar até 1 ano sem menstruar- ou pacientes com síndrome do ovário policístico, distúrbio hormonal definido por aumento de tamanho dos ovários, que criam cistos.

A estimativa é de que o tratamento seja efetivo em 60 a 80% dos casos e, segundo os resultados, quatro de cada cinco mulheres que se submetem ao tratamento de indução ovulam, mas apenas uma em cada três efetivamente engravida por mês.

Segundo o médico especialista em fertilidade feminina da Insemine e professor da UFRGS, João Sabino da Cunha Filho, a indução da ovulação é um tratamento simples, direcionado a um tipo especifico de pacientes e, por ser pouco invasivo e semelhante à concepção natural, resulta em uma boa opção de tratamento para aquelas mulheres que querem engravidar e se enquadram nas indicações especificas da indução. “O tratamento é dividido em duas etapas. Na primeira delas nós introduzimos medicamentos que fazem com que os folículos nos ovários cresçam, o que aumenta a chance de que um ou mais óvulos seja liberado para fecundação pelos espermatozoides”, explica.

O que ocorre, como explica o médico, é o monitoramento do crescimento dos folículos, a administração de medicamento que irão maturar os óvulos e a programação da ovulação. 36 horas depois de concluídas estas etapas é indicado que o casal mantenha relações sexuais para finalizar o processo. “O método de induzir a ovulação costuma durar cerca de 10 dias. Como tem chances de sucesso em aproximadamente 60 a 80% dos casos, se a mulher fizer duas ou três tentativas e não apresentar resultado, deve optar por tratamentos mais complexos, como a fertilização in vitro”, diz Sabino.

Quando efetivo, o tratamento de indução da ovulação aumenta as chances da paciente engravidar de gêmeos. A incidência natural de gravidez múltipla é de 1 a cada 90 dos casos, enquanto que com a utilização de técnicas de reprodução assistida esta taxa de gestação múltipla sobe para 3,2%.

Segundo o especialista João Sabino, é preciso atentar para o fato de que o tratamento de indução da ovulação só é indicado às mulheres com alterações hormonais ou com a síndrome do ovário policístico, que ovulam de maneira irregular ou que nem chegam a ovular.


ANTERIORPRÓXIMA TODAS

entenda como funcionam os tratamentos

InseminaçãoArtificial

Na inseminação artifical controlamos a ovulação através de ecografias para determinar o período fértil.

No momento adequado é feita a coleta do sêmen por masturbação na própria clínica, sua preparação e inseminação no útero.

Inseminação Artificial

FIVFertilização in vitro

Uma das técnicas mais utilizadas de reprodução assistida, conhecida popularmente como “bebê de proveta”.

FIV - Fertilização in vitro

ICSIInjeção Intracitoplasmática de Espermatozoide

As etapas do tratamento são exatamente as mesmas da FIV. A decisão de realizar ou não a ICSI é técnica e não muda o tratamento para a paciente.

ICSI - Injeção intracitoplasmática de espermatozoide

DiagnósticoPré-implantacional

Esse procedimento possibilita a seleção de um embrião antes de sua transferência para o útero.

Diagnóstico Pré-implantacional

Congelamentode Óvulos

O congelamento de óvulos é indicado para mulheres que desejem preservar a sua fertilidade para que possam ter filhos no futuro.

Congelamento de Óvulos
insemine · Iguatemi Corporate

Porto Alegre | RS

Av. Dr. Nilo Peçanha, 2825 | Cj. 905
Chácara das Pedras
contato@insemine.com

Fones
(51) 3388 1212 (51) 3331 1388