imprensanovidades e publicações

Centro de referência em Oncofertilidade permite que pacientes com câncer tenham filhos

04 de Maio de 2016

O Centro de Oncofertilidade da clínica INSEMINE, operante em Porto Alegre desde 2007, realiza tratamentos de preservação da fertilidade dos pacientes através de congelamento de espermatozoides, oócitos, embriões, tecido ovariano e tecido testicular. Até agora o Centro já atendeu 1500 pessoas.

O pensamento no passado era de que o câncer estava relacionado com inúmeras batalhas e raríssimas vitórias. Segundo o médico Alberto Stein, especialista e diretor do Centro de Oncofertilidade da INSEMINE, esse cenário vem mudando. “Aproximadamente 75% das crianças e jovens com câncer sobrevivem com uma ótima qualidade de vida. Se a fertilidade desses pacientes for acompanhada e tratada desde cedo, a probabilidade é de que os pacientes portadores de câncer possam ter filhos normalmente”, explica.

Para o médico, o grande problema é a falta de informação. Muitos jovens com câncer não sabem sobre a possibilidade de preservar a fertilidade e então não procuram tratamento. “Por isso, precisamos divulgar essa possibilidade para que cada vez mais pacientes se preocupem com a preservação da fertilidade e possam, no futuro, ter filhos”, diz Stein.

A radioterapia e a quimioterapia, tratamentos comuns aos quais se submetem os pacientes com câncer, têm efeitos colaterais como o impacto negativo na fertilidade. Decorre daí a importância da submissão dos pacientes ao tratamento de preservação da fertilidade logo que detectada a doença. A busca por tratamento de preservação da fertilidade em pacientes com câncer logo no início, aumenta consideravelmente as chances das pessoas terem filhos no futuro.

Entre os tipos de câncer mais comuns em jovens estão o câncer de ovário e o câncer de testículo, diretamente ligados à fertilidade. Conhecer e buscar tratamento é o primeiro passo para preservar a fertilidade.

A Oncofertilidade INSEMINE é composta por uma equipe multidisciplinar de médicos, psicólogos, enfermeiros, bioquímicos e embriologistas que cuidam da fertilidade dos pacientes com câncer. O melhor momento para começar o tratamento de preservação é antes de iniciado o tratamento oncológico, através do congelamento de espermatozóites, oócitos ou embriões. Em casos especiais, o Centro de Reprodução Humana Insemine, de forma pioneira no sul do Brasil, realiza o congelamento de tecido ovariano e tecido testicular.


ANTERIORPRÓXIMA TODAS

entenda como funcionam os tratamentos

InseminaçãoArtificial

Na inseminação artifical controlamos a ovulação através de ecografias para determinar o período fértil.

No momento adequado é feita a coleta do sêmen por masturbação na própria clínica, sua preparação e inseminação no útero.

Inseminação Artificial

FIVFertilização in vitro

Uma das técnicas mais utilizadas de reprodução assistida, conhecida popularmente como “bebê de proveta”.

FIV - Fertilização in vitro

ICSIInjeção Intracitoplasmática de Espermatozoide

As etapas do tratamento são exatamente as mesmas da FIV. A decisão de realizar ou não a ICSI é técnica e não muda o tratamento para a paciente.

ICSI - Injeção intracitoplasmática de espermatozoide

DiagnósticoPré-implantacional

Esse procedimento possibilita a seleção de um embrião antes de sua transferência para o útero.

Diagnóstico Pré-implantacional

Congelamentode Óvulos

O congelamento de óvulos é indicado para mulheres que desejem preservar a sua fertilidade para que possam ter filhos no futuro.

Congelamento de Óvulos
insemine · Iguatemi Corporate

Porto Alegre | RS

Av. Dr. Nilo Peçanha, 2825 | Cj. 905
Chácara das Pedras
contato@insemine.com

Fones
(51) 3388 1212 (51) 3331 1388