imprensainsemine na mídia

Revista Expansão RS

Dr. João Sabino Cunha Filho | 04 de Abril de 2017

De acordo a Associação Brasileira de Endometriose, seis milhões de brasileiras é o número aproximado de mulheres afetadas pela doença no Brasil.

O tema estará em discussão em Porto Alegre neste final de semana, durante o Congresso Regional da Sociedade Brasileira de Endometriose, que ocorre no Hospital de Clínicas de Porto Alegre.

A endometriose é caracterizada pela presença do endométrio – tecido que reveste o interior do útero – fora da cavidade uterina, ou seja, em outros órgãos da pelve: trompas, ovários, intestinos e bexiga. O resultado é uma inflamação aguda no sistema reprodutor feminino.

Por ser uma doença silenciosa, a endometriose pode ser facilmente encarada apenas como uma dor pélvica. E a falta de informação contribui para o autodiagnostico equivocado.

No Brasil, trata-se de um problema que continua crescendo. Ainda segunda a associação, entre 10% a 15% das mulheres em idade reprodutiva (13 a 45 anos) podem desenvolvê-la e 30% tem chances de ficarem estéreis.

Para quem está tentando engravidar, o problema pode ter grandes dimensões. Uma mulher com 30 anos e sem endometriose tem 30% de chance por mês de engravidar. Se ela tiver a doença, essa chance pode cair para menos de 5%”, revela o Dr. João Sabino Cunha Filho, do Centro de Reprodução Humana Insemine, que é um dos organizadores do congresso.

O diagnóstico é feito via laparoscopia, um exame no qual é realizada a colocação de uma câmera pelo umbigo para visualizar se existe ou nãoendometriose. “O tratamento é feito de acordo com a queixa principal da paciente: se ela que engravidar, faremos a indução da ovulação ou com sem fertilização in vitro (vai depender do estado das trompas). Se ela não quer engravidar, aí sim usamos hormônios no tratamento da doença”, explica.

SERVIÇO
O QUÊ: Palestra sobre endometriose - Congresso Regional da Sociedade Brasileira de Endometriose
QUANDO: 24/03, das 8h15 às 16h30, e 25/03, das 8h30 às 12h
ONDE: Hospital de Clínicas de Porto Alegre, Rua Ramiro Barcelos, 2350, bairro Santa Cecilia, Porto Alegre

Para saber mais clique aqui.


ANTERIORPRÓXIMA TODAS

entenda como funcionam os tratamentos

InseminaçãoArtificial

Na inseminação artifical controlamos a ovulação através de ecografias para determinar o período fértil.

No momento adequado é feita a coleta do sêmen por masturbação na própria clínica, sua preparação e inseminação no útero.

Inseminação Artificial

FIVFertilização in vitro

Uma das técnicas mais utilizadas de reprodução assistida, conhecida popularmente como “bebê de proveta”.

FIV - Fertilização in vitro

ICSIInjeção Intracitoplasmática de Espermatozoide

As etapas do tratamento são exatamente as mesmas da FIV. A decisão de realizar ou não a ICSI é técnica e não muda o tratamento para a paciente.

ICSI - Injeção intracitoplasmática de espermatozoide

DiagnósticoPré-implantacional

Esse procedimento possibilita a seleção de um embrião antes de sua transferência para o útero.

Diagnóstico Pré-implantacional

Congelamentode Óvulos

O congelamento de óvulos é indicado para mulheres que desejem preservar a sua fertilidade para que possam ter filhos no futuro.

Congelamento de Óvulos
insemine · Iguatemi Corporate

Porto Alegre | RS

Av. Dr. Nilo Peçanha, 2825 | Cj. 905
Chácara das Pedras
contato@insemine.com

Fones
(51) 3388 1212 (51) 3331 1388